Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Nota de Falecimento

 

Faleceu subitamente esta noite, na sua casa de Coimbra, o nosso colega e grande amigo Joaquim Romero Magalhães. Foi um dos mais destacados historiadores modernistas portugueses, reconhecido no país e no estrangeiro. Discípulo de Vitorino Magalhães Godinho, tinha uma forte personalidade acadêmica e era, no plano cívico, uma pessoa interveniente, desassombrada e comprometida com a causa pública. Vamos ter muitas saudades dele.

 

JOAQUIM ANTERO ROMERO MAGALHÃES nasceu em Loulé, a 18 de Abril de 1942. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1967), Doutor (1984), Agregado (1993) e Professor Catedrático (1994) da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, jubilado em 2012.

Professor convidado da École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris (1989 e 1999); da Universidade de São Paulo (1991 e 1997); e da Yale University (2003); Sócio correspondente estrangeiro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (2001).

Foi, ainda, Deputado à Assembleia Constituinte da República Portuguesa (1975-1976); Secretário de Estado da Orientação Pedagógica dos I e do II Governos Constitucionais (1976-1978); Presidente do Conselho Directivo da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (1985-1989 e 1991-1993); Comissário-Geral da Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses (1999-2002), e director da revista Oceanos (1999-2001). Membro da Comissão Consultiva das Comemorações do Centenário da República (2009-2011). Dirigiu os Anais do Município de Faro, desde 2009. Foi condecorado, pela Presidência da República, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, em 2002.

 

 

 

 

 

 

Divulgar conteúdo